Encerraram-se ontem as inscrições para o Projeto de Música Eletrônica da Fundação Municipal de Cultura de Rio Negrinho. O projeto será desenvolvido aos sábados no Espaço Cultural, das 14h às 17 horas. As inscrições são gratuitas e limitadas em 50 vagas.

O projeto, idealizado por Marieli Hacke, ex-aluna da Escola de Música Professor Valdeci Maia, tem por objetivo envolver a comunidade em um ambiente sociocultural, promovendo a cultura através da música e proporcionando o conhecimento da música eletrônica aos rio-negrinhenses.

Um fórum de discussões realizado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA elencou as principais atividades para envolver as crianças. E a partir deste fórum, o Projeto Música Eletrônica foi abraçado pela FMC, que pretende trabalhar com crianças entre 7 a 17 anos.

Autora do projeto, Marieli desenvolveu a ideia na Universidade Católica, em Jaraguá do Sul, sendo bem aceita e gerando grande repercussão na comunidade. Em Rio Negrinho, ela trabalhará como voluntária auxiliando a Fundação na aplicação do projeto. “Não se trata apenas de um projeto de música eletrônica, mas também de um projeto social, pois através da música, trabalha-se a parte social, envolvendo todas as classes”, destacou o diretor-presidente da Fundação Cultural, Adilson Figueiredo. A participação dos alunos deve ser autorizada pelos pais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *